Páginas

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

[des] rotina

Voltei ao trabalho 1 hoje. [Do trabalho 2 estou de licença para concluir os estudos de doutorado, então tão cedo não volto lá.] Embora a rotina da escola me ocupe somente um turno do dia, o mais difícil é chegar em casa e entrar nas pesquisas, nas escritas, na organização acadêmica. Porque a minha cabeça fica lá. O meu coração mais ainda, acho que desfilando nos corredores coloridos de lá, querendo ser solto. Não sei o que fazer, pressinto agonias: lido terrivelmente com os tempos do relógio, sou uma atrasada incorrigível, demoro a chegar e me demoro ainda mais a sair. Meu medo é que meu encontro com a história por ser escrita custe a acontecer. Provavelmente vou ficar correndo ao redor, olhando por cima do ombro para o rabinho do enredo, namorando meu texto porvir. E vou sofrer.

[Como não amar um lugar como o Caic? Como não parar tudo o que está por fazer para observar o tanto de vida que tem lá? Não consigo. Faz dez anos que não consigo. E sou feliz assim, ali. Aqui.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário