Páginas

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Momento Querido Diário

Abre parêntese: (
Tá foda empurrar um dia atrás do outro. Tá. É um cansaço generalizado por cima, o que eu sinto. É uma ressaca moral que me impede de fazer qualquer coisa bem feita, até aquelas coisas que eu mais amo e priorizo saem tortas, atravessadas de ressentimentos, de incompreensão, de siglas. E dói pra chuchu. E eu tenho uma vontade absurda de explodir cada pessoa que tenta amenizar as situações com a desgastada e descarada expressão "o mundo é cruel". Não, o mundo não é cruel. As pessoas é que são. No nível 10-estrelinha. A essa altura, cada afta na minha boca já tem nome e sobrenome. Elas me dão, ardem, atrapalham a minha fala, somem por um dia ou dois e depois voltam a mil, desfilando na Sapucaí da minha língua. Já tenho o samba-enredo decorado.

A merda toda é que eu me recuso a botar a cola no meio das pernas e voltar para casa com a falta de argumento entre os dentes, feito osso. Nada contra os cachorros, mas eu não sou um. Sou gente. E gente exausta de explicar o óbvio. Gente que morre de fome, mas não abana o rabo nem lambe mão em troca da ração que é sua de direito.
) Fecha parêntese e segue o baile.


2 comentários:

  1. Não tem o que dizer. Estou passando por um momento ruim também e só posso te dar minha simpatia. Vai melhorar. Tenho fé que vai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que melhorar, Marina! E abrir sol por aqui tb vai ajudar muito. :P
      Melhoras aí! Bjocas!

      Excluir