Páginas

quarta-feira, 9 de maio de 2012

El árbol de Navidad que se creía una princesa


Ergueu-se raiz e azul
Brotou-se tronco e cetim
Vestiu-se folhas e vento
Voou rosa e luz
Encostou o nariz no céu.

04 de janeiro de 2011.

* metáfora visual de Nela Rio e poeminha meu. Aproveito a legenda de Rio para dar nome ao texto, também em homenagem a ela. Uma quase fada… Dedico aos amigos que me lêem.
* feito em 22 de dezembro de 2008. Ai, que saudade da Nela Rio. Esse texto foi musicado pelo amigo Alexandre, no projeto “Aclive”. No dia em que o disco sair, linko aqui.

2 comentários: